Exportações de calçado cresceram em 2015

10/03/2016

As exportações portuguesas de calçado cresceram 1 por cento em 2015, o que equivale a um novo máximo histórico: 79 milhões de pares no valor de 1.865 milhões de euros. Os dados são da Associação dos Industriais de Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos.

De assinalar crescimentos relevantes em mercados como os da Alemanha, Dinamarca, Espanha e Holanda, assim como os recordes de vendas atingidos na Austrália, Canadá, China e Emirados Árabes Unidos. O desempenho nos Estados Unidos da América também é motivo de destaque, para onde o comércio aumentou 48 por cento, em 2015, para 67 milhões de euros.

As vendas de calçado português já aumentaram mais de 50 por cento desde 2009. Portugal passou a exportar mais 600 milhões de euros do que há seis anos e alargado as exportações a mais de 20 novos destinos, o que perfaz de 152 países nos cinco continentes. Considerando a fileira do calçado como um todo – artigos de pele, componentes e calçado –, podemos afirmar que, em 2015, foi ultrapassada a barreira dos 2 mil milhões de euros exportados, com as vendas a subirem 1,2 por cento.

Quanto aos artigos de pele e marroquinaria, há registo de um aumento de 5,7 por cento nas exportações, para um novo máximo histórico: 150 milhões de euros. Portugal especializou-se na exportação de malas e bolsas, tendo sido assinalado um crescimento de 15 por cento, para os 82 milhões de euros. Os mercados extracomunitários representam, atualmente, 28 por cento do total das exportações do setor.

Fonte: http://www.mundoportugues.org/

Plataforma

Newsletters

Facebook