Portugal é o 7.º fornecedor de calçado da China

25/11/2013

Portugal é atualmente o sétimo fornecedor de calçado da China, com as exportações para aquele país a triplicarem nos últimos quatro anos para mais de 22 milhões de euros, divulgou hoje a associação setorial.

Tendo por base dados da alfândega chinesa, a Associação Portuguesa dos Industriais do Calçado, Componentes, Artigos de Pele e Seus Sucedâneos (APICCAPS) adianta que, nos primeiros oito meses de 2013, as exportações portuguesas de calçado para a China somaram 20,036 milhões de dólares (14,8 milhões de euros), devendo ultrapassar os 30 milhões de dólares (22 milhões de euros) até final do ano.

Em todo o ano 2010, as exportações portuguesas de calçado para a China ficaram-se pelos 10,665 milhões de dólares (7,880 milhões de euros).

Segundo a APICCAPS, nos dados revelados pela alfândega chinesa, para além das exportações diretas de Portugal para a China, há um registo das exportações indiretas, ou seja, da produção portuguesa para outras marcas internacionais, mas que tem como destino final a China.

No conjunto, as exportações de calçado português aumentaram 6,5% entre janeiro e agosto, mas os mercados fora da União Europeia, onde se inclui a China, revelaram-se bastante mais dinâmicos, ao absorverem mais 40% de exportações do setor face ao período homólogo de 2012.

A comprovar como o mercado chinês é "verdadeiramente apetecível" para as empresas portuguesas, a APICCAPS aponta o crescimento de 37% da comitiva portuguesa na 2.ª edição da feira MICAM Xangai, em outubro passado, e a participação do setor nacional de calçado em seis eventos distintos na China ao longo de 2013.

De acordo com a associação, "estima-se que, na atual China, cerca de 5% da população tenha um poder de compra elevado", o que se traduz em "65 milhões de potenciais consumidores de produtos de gama superior ou de luxo".

Fonte: http://www.noticiasaominuto.com

Plataforma

Newsletters

Facebook